FANDOM


Existem basicamente dois tipos de vírus que têm RNA senso positivo.

Alguns vírus com esse tipo de RNA traduzem o mesmo diretamente em proteínas, é o que ocorre, por exemplo, com o vírus da dengue, Como estratégia replicativa, a fita de RNA carregada dentro do vírion é transcrita em uma fita de RNA complementar anti-senso, que é usada como molde na criação de novas fitas de RNA de senso positivo que serão empacotados dentro dos capsídeos sintetizados a partir da fita de RNA de senso positivo. Os vírus que possuem esse tipo de genoma pertencem à classe 4 da classificação de Baltimore[1].

Em outros vírus, RNAs de senso positivo podem também serem convertidos em DNA pela enzima transcriptase reversa. Com isso, há a integração do DNA na célula hospedeira e o mesmo é transcrito e traduzido utilizando-se da maquinaria celular[2]. Sendo assim, nem todo RNA de senso positivo é diretamente traduzido em proteínas. Os vírus que possuem esse tipo de genoma pertencem à classe 6 da classificação de Baltimore[1].

Referências Editar

  1. 1,0 1,1 BALTIMORE, David. Expression of animal virus genomes. Bacteriological Reviews, v. 35, n. 3, p. 235, 1971.
  2. KURTH, Reinhard; BANNERT, Norbert (Ed.). Retroviruses: molecular biology, genomics and pathogenesis. Horizon Scientific Press, 2010.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória